Intranet      Idiomas:

Há 40 anos no mercado, a Polimix é hoje uma das maiores empresas prestadoras de serviços de concretagem do Brasil.

 

Além de estar presente em 21 estados brasileiros, com capacidade anual para fornecer 10.800.000 de metros cúbicos de concreto, a Polimix também está em outros países como Argentina, Bolívia, Colômbia, Panamá, Peru e Estados Unidos.

Com mais de 4.000 integrantes, 2.000 equipamentos e 198 unidades estrategicamente localizadas, a Polimix garante eficiência e qualidade no atendimento de pequenas, médias e grandes obras.

 

Nossa história

Em Julho de 1976, a Concapre, empresa do setor de construção civil no estado do Espírito Santo, implantou seu departamento de prestação de serviços de concretagem, no município de Serra. Posteriormente, este departamento virou uma empresa chamada Concaprex que cresceu através de unidades por todo Brasil, constituindo o que hoje conhecemos como Polimix.

 

As primeiras grandes obras

Desde cedo, aprendemos a lidar com importantes desafios, assumindo grandes obras. Em 1976, nossa primeira grande obra foi a construção da Companhia Siderúrgica de Tubarão - CST, que alavancou o crescimento do município de Serra, no estado do Espírito Santo, onde estava localizada nossa primeira unidade. Foram cerca de 350.000m3 de concreto.

Ainda na década de 70, realizamos a construção de um dos cartões postais da cidade de Vitória, também no Espírito Santo. A Terceira Ponte, cujo nome oficial é Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça, liga a cidade de Vitória a Vila Velha e foi a maior obra já realizada no estado e uma das maiores do Brasil. O primeiro pilar da Terceira Ponte foi concretado em 1978, sendo ela concluída apenas em 1989. No total foram 61 pilares compondo uma ponte de 3,3 km. De lá para cá, o número de obras aumentou muito e diariamente atendemos de pequenas a grandes obras de todos os tipos. Hoje, fornecemos por mês o equivalente a seis estádios do Maracanã.

 

Conquistando o Brasil

Um dos momentos mais marcantes da nossa história foi a ampliação das atividades para outros estados. Deixar o calor do Espírito Santo e aventurar-se no frio das terras paulistas, a princípio assustador, foi o primeiro grande passo de muitos outros. Em 1981, a Concaprex adquiriu parte dos ativos da Polimix, empresa de São Paulo, passando sua frota de 20 para 105 caminhões, mais que dobrando seu tamanho e, com isso, seus desafios. A partir daí, o nome Polimix passou a fazer parte da nossa história e a vontade de ir para outros cantos do Brasil e do mundo despertou.